Sacramentos: A Confirmação (Crisma)


A Confirmação

O sacramento da Confirmação aperfeiçoa a graça batismal, e nos dá a fortaleza de Deus para sermos firmes na fé e no amor a Deus e ao próximo.

Dá-nos também audácia para cumprir o direito e o dever, que temos pelo batismo, de ser apóstolos de Jesus, para difundir a fé e o Evangelho, pessoalmente ou associados, mediante a palavra e o bom exemplo.

O que é a confirmação?

É o sacramento que aperfeiçoa a graça batismal fortalecendo-nos na fé e tornando-nos soldados e apóstolos de Cristo.

Quando confirmação deve ser recebida?

A confirmação deve ser recebida quando já se alcançou o uso da razão, ou antes, se há perigo de morte.

Como a confirmação deve ser recebida?

A confirmação deve ser recebida em estado de graça e com a preparação conveniente.

Quem pode confirmar?

Pode confirmar o bispo e em alguns casos especiais os sacerdotes delegados pelo bispo.

Anúncios

Sacramentos: A Unção dos Enfermos


A Unção dos Enfermos

O Sacramento da Unção dos Enfermos confere ao cristão uma graça especial para enfrentar as dificuldades próprias de uma doença grave ou velhice. É conhecido também como o “sagra viático”, porque é o recurso, o “alívio” que leva o cristão para poder suportar com fortaleza e em estado de graça um momento de trânsito, especialmente o trânsito à Casa do Pai através da morte.

O essencial do sacramento consiste em ungir a frente e as mãos do enfermo acompanhada de uma oração litúrgica realizada pelo sacerdote ou o bispo, únicos ministros que podem administrar este sacramento.

A Unção dos enfermos antes era conhecida como “Extrema Unção”, pois só era administrada “in articulo mortis” (a ponto de morrer). Atualmente o sacramento pode ser administrado mais de uma vez, sempre que for em caso de doença grave.

O que é a Unção dos Enfermos?

É o sacramento que a Igreja dá ao cristão em estado de enfermidade grave ou velhice para atrair a saúde da alma, espírito e corpo.

Quantas vezes um cristão pode receber o sacramento?

Quantas forem necessárias, sempre que estiver em estado grave. Pode recebê-lo inclusive quando o estado grave se produz com recaída de um estado anterior pelo qual havia recebido o sacramento.

Que efeitos tem a Unção dos enfermos?

A unção une o enfermo à Paixão de Cristo para seu bem e o de toda a Igreja; obtém consolo, paz e ânimo; obtém o perdão dos pecados (se o enfermo não pôde obtê-lo pelo sacramento da reconciliação), restabelece a saúde corporal (se convém à saúde espiritual) e prepara para a passagem para a vida eterna.

Sacramentos: A Ordem Sacerdotal


A Ordem Sacerdotal

Em virtude do Batismo e da Confirmação, todos os fiéis participam do sacerdócio de Jesus Cristo. Mas os que recebem o sacramento da Ordem tem, além disso, o sacerdócio ministerial ou hierárquico, que se diferencia do sacerdócio comum dos fiéis “essencialmente e não apenas em grau” (Lumen Gentium, 10).

Este sacramento da Ordem consagra o que recebe, configurando-o de modo particular com Jesus Cristo e capacitando-o para atuar na mesma pessoa de Cristo para o bem de todo o povo de Deus.

O que é a Ordem sacerdotal?

É o sacramento que alguns fiéis são constituídos ministros sagrados, sendo cooperadores do Bispo com quem formam um presbitério.

Por que este sacramento se chama Ordem?

Porque compreende vários graus subordinados entre si.

Quais são as funções principais dos sacerdotes?

As funções principais dos sacerdotes são: Celebrar o Santo Sacrifício da Missa, perdoar os pecados na Confissão, administrar os demais sacramentos, pregar a Palavra de Deus e dirigir os fiéis nas coisas que se referem a Deus.

Os sacerdotes são necessários?

Os sacerdotes são necessários e insubstituíveis, pois sem eles não existiria a Igreja tal como fundada por Jesus Cristo. Por isso todos os cristãos devemos colaborar no fomento e formação das vocações sacerdotais.

Sacramentos: O Matrimônio


O Matrimônio

O Matrimônio foi instituído por Deus quando criou o homem e a mulher. Para os cristãos, Jesus Cristo o elevou à dignidade de sacramento; um sacramento que dá aos esposos uma graça especial para serem fiéis um ao outro e santificar-se na vida matrimonial e familiar, já que o matrimônio cristão é uma autêntica vocação sobrenatural.

O matrimônio religioso é estabelecido com o consentimento livre de cada um dos dois contraentes manifestado ao representante da igreja.

O Matrimônio por sua natureza está ordenado à geração e à educação dos filhos, ao amor e ajuda entre os esposos e a sua santificação pessoal.

O que é o Matrimônio?

O Matrimônio é o sacramento que santifica a união indissolúvel entre um homem e uma mulher cristão, e concede-lhe a graça para cumprir fielmente seus deveres de esposos de pais.

Quais são as propriedades essenciais do Matrimônio?

As propriedades essenciais do Matrimônio são: unidade, indissolubilidade e abertura à fecundidade.

Que pecado comete o cristão que, vivendo seu consorte, une-se a outra pessoa?

Comete o grave pecado de adultério.

Cometem pecado os convivientes e os unidos apenas no matrimônio civil?

Os convivientes e os unidos apenas no matrimônio civil encontram-se em permanente estado de pecado e não podem receber os sacramentos.

Qual é a idade mínima para se casar?

Na maioria das nações, a idade mínima para se casar é de 18 anos. Em qualquer caso, requer-se uma permissão da autoridade eclesiástica para fazê-lo antes da idade mínima estabelecida.

Como o sacramento do matrimônio deve ser recebido ?

O sacramento do matrimônio deve ser recebido em estado de graça e com a devida preparação; por isso recomenda-se que os contraentes se confessem antes.

Sacramentos: O Batismo


O Batismo

Nossos pais nos deram a vida natural do corpo, mas Deus nos dá a alma e nos destina, além disso, a uma vida sobrenatural; nascemos privados dela pelo pecado original, herdado de Adão.

O batismo apaga o pecado original, nos dá a fé e a vida divina, e nos torna filhos de Deus. A Santíssima Trindade toma posse da alma e começa a nos santificar.

Segundo o plano de amor do Senhor, o batismo é necessário para a salvação.

O que é o batismo?

É o sacramento pelo qual nascemos para a vida e nos tornamos filhos de Deus.

Por que o batismo é o primeiro dos sacramentos?

É o primeiro dos sacramentos porque é a porta que dá acesso aos demais sacramentos, e sem ele não se pode receber nenhum outro.

Que efeitos produz o batismo?

Os efeitos que o batismo produz são: perdoa o pecado original, e qualquer outro pecado, com as penas devidas por eles. Nos dá as três divinas pessoas junto com a graça santificante. Infunde a graça santificante, as virtudes sobrenaturais e os dons do Espírito a graça santificante, as virtudes sobrenaturais e os dons do Espírito Santo. Imprime na alma o caráter sacramental que nos faz cristãos para sempre e somos incorporados à Igreja.

O Batismo é necessário para a salvação?

Segundo o plano do Senhor o batismo é necessário para a salvação, assim como a própria Igreja, à qual o batismo introduz.

Quem pode batizar?

Ordinariamente podem batizar o bispo, o sacerdote e o Diácono, mas em caso de necessidade qualquer pessoa que tenha intenção de fazer o que a Igreja faz.

Como se batiza?

O batizado se realiza derramando água sobre a cabeça e dizendo: “Eu te Batizo em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo”.

O que é o Catecumenato?

É a preparação que devem receber aqueles que serão batizados tendo alcanço o uso da razão.